Sistema de Avaliação

DA AVALIAÇÃO ESCOLAR E SUA UTILIZAÇÃO DIDÁTICA

  A avaliação é contínua e cumulativa, numa concepção formativa, a fim de obter informações sobre os avanços e dificuldades dos alunos para redirecionar as ações didáticas tendo em vista os objetivos almejados.

A avaliação do aproveitamento se fará pela observação constante do aluno e pela aplicação de testes, provas, trabalhos individuais ou em equipe, pesquisas, tarefas, monografias, atividades em classe, domiciliares e/ou remotas, e demais modalidades e formas que se mostrarem aconselháveis e de aplicação possível.

No 1º ano do Ensino Fundamental a avaliação ocorre num processo contínuo, através de observação, acompanhamento diário e registro por meio de relatórios e portifólios individuais.

O relatório é composto de registros dos aspectos relacionados ao desenvolvimento físico, emocional e cognitivo próprios da faixa etária.

 No 2º e 3º anos do Ensino Fundamental a avaliação ocorre em cada disciplina ou conteúdo sendo atribuídos ao aluno o total de (0) zero a (10) dez por etapa, sem o objetivo de retenção no ano letivo.

Do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental, a avaliação ocorre em cada disciplina e as sínteses dos resultados são expressas numa escala de zero a dez, graduada de cinco em cinco décimos.

Na 1ª série do Ensino Médio, na parte da Formação Geral Básica, a avaliação ocorre em cada disciplina e as sínteses dos resultados são expressas numa escala de zero a dez, graduada de cinco em cinco décimos.

 Na parte curricular dos itinerários formativos, os alunos serão avaliados de maneira contínua por meio da frequência, das habilidades e competências desenvolvidas, da aplicação do conhecimento construído, durante o processo de realização das atividades sugeridas, e apresentação das mesmas. 

O aluno que não apresentar o produto final solicitado para cada itinerário formativo, não terá o cômputo das horas correspondentes ao itinerário, devendo participar de outro itinerário para completar a carga horária do ano letivo. 

  Na 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, a avaliação ocorre em cada disciplina e as sínteses dos resultados são expressas numa escala de zero a dez, graduada de cinco em cinco décimos. 

    Cada etapa letiva terá o valor máximo de dez pontos.

 

Cálculo da média da etapa 

 

Avaliação 1 + Avaliação 2 + Avaliação Diversificada  = Média da Etapa

                                                                       3


 

Exemplo 1: 8,5 + 6,0 + 7,5 = 7,5  (nota da etapa acima da pontuação mínima)

                             3

               

 Exemplo 2: 8,5+ 3,0 + 4,0 = 5,0 (nota da etapa abaixo da pontuação mínima)

                                3 

No  exemplo 2, o estudante deverá participar do processo de Recuperação da etapa.

O rendimento é aferido em três etapas letivas:

      I-     1ª etapa – 10 (dez) pontos

II-    2ª etapa – 10 (dez) pontos

III-  3ª etapa – 10 (dez) pontos

 

Considera-se aprovado o aluno que obtém:

  • média anual igual ou superior a 6,0 (seis) pontos em todos os componentes curriculares tratados como área de estudo ou disciplina;

  • frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) das aulas dadas, em cada componente curricular, independentemente do tratamento metodológico.

  

Média 1ª etapa + Média 2ª etapa + Média 3ª etapa = Média anual

                                          3


 

Exemplo 1: 8,5 + 7,0 + 6,0 = 7,0       (aluno promovido)   


 

Exemplo 2:  6,0 + 5,0 + 4,0 = 5,0 (aluno será submetido aos estudos de Recuperação)

                              3                               

 

RECUPERAÇÃO PARALELA E FINAL 

O Colégio adota o regime de Recuperação Paralela da Etapa que acontece no decorrer do ano, ao término de cada etapa letiva (primeira, segunda e terceira etapas), sob a orientação da Coordenação Pedagógica de cada segmento.  

A Recuperação Paralela poderá ser feita em todas as disciplinas no Ensino Fundamental e Ensino Médio nas três etapas letivas.

Ao final de cada etapa letiva, o aluno que não atingir o mínimo de 6,0 (seis) pontos terá direito à Recuperação Paralela em todas as disciplinas no Ensino Fundamental e Ensino Médio, considerando a Formação Geral Básica. 

O aluno fará uma avaliação no valor de 10 (dez) pontos correspondente à Recuperação da etapa. Os pontos adquiridos nessa avaliação serão somados à média aritmética obtida na etapa e divididos por 2 (dois).

Cálculo:

 Média da etapa  + Nota da recuperação = Média final da etapa

                                     2

 

Exemplo:

4,0 + 8,0 = 6,0

       2

  O aluno que não obtiver a média anual mínima de 6,0 (seis) pontos terá direito à Recuperação Final em até 3 (três) disciplinas no Ensino Fundamental e Ensino Médio.

 

 A Recuperação Final terá valor de 10 (dez) pontos, sendo uma única avaliação, considerando que o conteúdo é cumulativo.

 Os pontos obtidos na Recuperação Final serão somados a média aritmética anual obtida e divididos por 2 (dois). O aluno deverá atingir, no mínimo, nota 6,0 (seis) para ser aprovado. 

Cálculo:

Média anual  + Nota da recuperação final = Média anual final 

                                          2                                    

                                   

Exemplo: 5,0 + 8,0= 6,5

                       2

 

Colégio Espírito Santo - 2022 - Todos os direitos reservados.
Rua Tuiuti, 1442 - Tatuapé - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3389-1000